Como surgiu a técnica Low Poo e Now Poo para os cabelos Cacheados?

low-poo-no-poo-co-wash-oi_seuscabelos

Inúmeras duvidas.

As técnicas de limpeza capilar onde utilizamos os shampoo da atualidade têm composto químicos de sulfato, álcool, parafina, parabenos e outros leves ou ate pesados que podem agredir nossos fios e saúde em todos os tipos de cabelos.

Essas técnicas são bastante conhecidas no mundo da nação cacheada, mas por que abordar neste post? Antes de aderir ou usar precisaremos saber a origem e descobrir se realmente funciona. Sou total adepta das técnicas Low Poo, Now Poo e Co-wash, vou explica cada um deles de maneira sucinta, se aprofundar na historia desta mulher revolucionaria que mudou a minha vida, como milhões de cacheadas pelo mundo.

lorraine

Lorraine Massey,Dona da empresa Deva Curly .

Lorraine nunca entendeu que mistura de sua família fez ela dentre todos os sete irmãos, fosse à escolhida para ter um cabelo cacheado enquanto os outros corriam com as madeixas lisinhas pela casa. Nas festas de pijama das amigas, ela ia dormir com rolos nos cabelos e uma vez pediu de aniversário pra mãe uma peruca de cabelo liso e uma saia de palha para fingir que era uma dançarina polinésia. Não chega a ser uma surpresa dizer que, quando Lorraine cresceu, tornou-se cabeleireira.

A trajetória de Lorraine Massey, criadora da marca exclusiva para cabelos cacheados Deva Curl e criadora dos conceitos No Poo e Low Poo, começou com essa relação de amor e ódio com sua cabeleira; era preciso arrumar primeiro a cabeça antes de tentar arrumar os cabelos.

Por isso, em todo mundo, mas precisamente no Brasil houve uma campanha de Empoderamento Crespo e aceitação de sua cultura mãe e origem negra por meio de suas madeixas, deixando os cabeleireiros assustados pela extinção total de químicas por produtos e tratamentos naturais.

Os cabelos lisos têm facilidade para distribuir a oleosidade natural do couro cabeludo até as pontas, por esse motivo eles não ressecam muito nem têm o famoso arrepiado (frizz) dos cabelos ondulados e cacheados. O formato espiralado ou anelado desses cabelos cria uma distância maior para a oleosidade percorrer até chegar à ponta, e o couro cabeludo, devido à genética, produz menos óleo.

A indústria cosmética costuma utilizar um agente altamente limpante, chamado sulfato agressivo (como o lauril sulfato de sódio), pois na hora de lavar o cabelo, para a maioria das pessoas, bastante espuma é sinônimo de limpeza. De fato, eles limpam as impurezas do dia-a-dia, no entanto, também retiram essa proteção natural.

Os cremes e condicionadores que usamos têm derivados de petróleo. Esses petrolatos são matéria-prima barata para os produtos e, aparentemente, conferem brilho e sedosidade aos cabelos, mas, como são artificiais, eles encapam o fio com uma película impermeável. Como o fio está encoberto, nenhuma substância que trata o cabelo poderá penetrar nas camadas microscópicas internas que o constituem, e o ressecamento que o sulfato causa não é reparado.

Ai surge essa maravilhosa técnica No Poo e Low Poo são técnicas em que não se usam sulfatos agressivos, apenas sulfatos mais leves e outros agentes limpantes que retiram as impurezas, mas não afetam a boa oleosidade, cheia de nutrientes e naturais do couro cabeludo. Outra premissa básica da técnica é que ela evita o uso de petrolatos presentes nos cremes e condicionadores, deixando o fio livre para que agentes vitais possam agir profundamente, como ceramidas, queratina, hidratantes, entre outros, conferindo um brilho que vem da saúde das madeixas.

A nomenclatura “Poo” provém de “shampoo”. “No” quer dizer “não” e “Low” quer dizer “pouco”. Traduzindo, o significado seria algo como “sem xampu” e “pouco xampu”.

guia-low-poo21-440x294

Se você escolher aderir ao No Poo, não usará xampu puro na lavagem (já o Low Poo usa), nem silicones insolúveis em água. Como assim, nunca mais lavar a cabeça? Não, pelo contrário, buscar a conservação da leveza dos fios. Um dos principais agentes limpantes do método No Poo é chamado Coco-amidopropil Betaína (presente em alguns xampus, mas pode ser comprado separadamente como “Anfótero Betaínico”), além do bicarbonato de sódio e do limão.

Então meninas eu ainda uso shampoo com sulfato leves liberados.

tabela no poo

Tabela de Compostos Liberados

Como tempo todas saberão os nomes dos compostos químicos e fazer a leitura de bula como falo com meninas. Não fique preocupadas esse conhecimento vira com tempo.

A técnica Co-wash, ao invés de xampu, nas lavagens se utiliza um condicionador de composição leve com uma pequena proporção de xampu ou do anfótero (um surfactante) citado acima, para limpar e fazer espuma. O nome desse processo é Co-wash, do inglês conditioner washing ou “lavagem condicionante”, que limpa e hidrata ao mesmo tempo.

Usar nos cabelos substâncias derivadas de petróleo, além de não hidratar os cabelos de verdade (pois cria apenas uma impermeabilização nos fios, como já foi dito), pode trazer consequências ruins para a saúde humana e para o meio ambiente.

Alguns dos itens citados são tidos como potencialmente cancerígeno pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (Iarc). Passá-los na sua cabeça todos os dias pode não ser uma boa ideia. Como conheço casos de meninas ficaram com tempo com graves alergias devido aos compostos pela exposição devido uso continuo.

Publicado: Rafaela Jesus.

0 Comments

Deixe um Comentário